• (14) 3402-1744
  • superintendencia@hc.famema.br

Rádio-Oncologista do HCFAMEMA destaca a importância da tecnologia contra o câncer

Rádio-Oncologista do HCFAMEMA destaca a importância da tecnologia contra o câncer

O câncer já é a segunda maior causa de morte no Estado de São Paulo e em alguns anos deve se tornar a primeira. O médico radioterapeuta e oncologista Eduardo José Stefano (CRM 31.589), responsável técnico da Radioterapia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília, conta que são diversos os fatores que implicam no aumento da alta incidência da doença na sociedade, destaca que a população tem como reduzir suas chances e comemora, inclusive, boas notícias do HC para se ampliar o atendimento instituição, que já é referência e modelo para toda a região.

O médico Eduardo José Stefano

Nesta terça-feira, dia 4 de fevereiro, é o Dia Mundial do Câncer, por iniciativa da União Internacional para o Controle do Câncer (UICC), com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). O intuito é promover maior conscientização e educação sobre a doença.

Eduardo José Stefano, que há 36 anos trabalha com dedicação exclusiva na radioterapia do HCFAMEMA, conta com orgulho sobre a Radioterapia do Hospital das Clínicas, que atualmente possui os melhores equipamentos de alta tecnologia do mercado, como um tomógrafo dedicado e um acelerador linear de última geração, capaz de oferecer radioterapia de intensidade modulada (IMRT), de alta precisão, que permite a administração de altas doses de radiação no volume alvo, minimizando as doses nos tecidos normais adjacentes de forma muito eficaz.

A Unidade de Radiologia do HCFAMEMA

A boa notícia, é que através de emendas e convênios parlamentares o HCFAMEMA está para adquirir ainda mais equipamentos, para se ampliar ainda mais sua capacidade de atendimento. Um segundo tomógrafo dedicado está para ser adquirido com a verba de R$ 1 milhão destinado ao hospital. “Quanto mais equipamentos, maior nossa capacidade de atendimento, e melhores tecnologias são empregadas para se ampliar o sucesso dos tratamentos”, informou. Como as pesquisas em IMRT realizadas pela FAMEMA e HCFAMEMA, que já são referência médica em publicações internacionais, tais como no International Journal of Radiation Oncology, Biology, Physics- também conhecido no meio da oncologia e Radioterapia como The Red Journal.

O tomógrafo dedicado capaz de realizar planejamento em 3D dos tumores a serem tratados

O acelerador linear capaz de emitir radiação apena no local necessário

Visualização em 3D do paciente e seus órgãos vitais

A radioterapia de intensidade modulada (IMRT) administra altas doses de radiação somente no alvo

A radiação direcionada, contornando o tumor, preserva tecidos e órgãos sadios

 

HCFAMEMA

Deixe sua mensagem