• (14) 3402-1744
  • superintendencia@hc.famema.br

Arquivo por autor

Setembro Dourado alerta para 12 mil casos de câncer em crianças e adolescentes ao ano

O Setembro Dourado é uma iniciativa da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONIACC) que promove ua campanha de conscientização durante esse mês com o objetivo de alertar para a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil. Esta ação é representada mundialmente pelo símbolo do Laço Dourado.

 

Segundo o médico pediatra e cancerologista pediátrico e mestre em “Ensino em Saude”, Dr. Fabio Mendonça Nunes, que é médico assistente no Ambulatório de OncoHematologia Infantil do HCFAMEMA, o câncer na criança e no adolescente representa de 1 a 3% de todos os casos diagnosticados e, conforme o Instituto Nacional do Câncer (INCA) há mais de 12.000 novos casos ao ano na faixa etária de zero a 19 anos no Brasil.

 

Desde 2014 que o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA é referência regional em média e alta complexidade no tratamento de câncer infanto-juvenil. A portaria n°140 de 27 de Fevereiro de 2014, do Ministério da Saúde, identifica e habilita o HCFAMEMA como um Centro de Assistência Especializada em Oncologia (CACON), com serviço em Oncologia Pediátrica, contando com serviços de Quimioterapia e Radioterapia e integrando ainda a rede de hospitais que compõe o Sistema Nacional de Captação de Órgãos e Tecidos. Como CACON, o HCFAMEMA apoia campanhas que busquem a conscientização sobre prevenção e controle do câncer.

 

“O câncer infanto-juvenil, na maioria das vezes, se apresenta com sinais e sintomas inespecíficos, semelhantes a outras doenças comuns da infância. Tal dificuldade no diagnóstico faz com que muitos pacientes sejam encaminhados aos CACONs em estágios avançados da doença oncológica”, declarou Dr. Fabio Mendonça Nunes.

 

Nas crianças e adolescentes os cânceres mais frequentes são as leucemias, os tumores do sistema nervoso central e os linfomas. Sabe-se que a identificação precoce desse grupo de doenças onco-hematológicas está intimamente ligada à melhores índices de cura e sobrevida e também a uma menor taxa de morti-morbidade. 

 

Nesse sentido é que torna-se fundamental reforçar a responsabilidade de todos os profissionais de saúde envolvidos na detecção precoce do câncer, bem como ampliar o envolvimento da sociedade, com a difusão de conhecimento acerca do tema.

 

“A pronta instauração de tratamento adequado, após a confirmação diagnóstica, fará considerável diferença na sobrevida das crianças e adolescentes com doenças onco-hematológicas. Na maior parte das situações a identificação precoce dessas patologias contribui para torná-los adultos curados e sem sequelas”, disse o cancerologista.

 

O HCFAMEMA e seu Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia (DASHEMO), que coordena o Hemocentro e o CACON, orienta a todos que fiquem atentos aos sinais e busquem diagnósticos precocemente com um pediatra.

 

O conhecimento dos sinais e sintomas iniciais é o alvo principal dessa campanha.

Os familiares (principalmente os pais) e o pediatra geral devem estar conectados e atentos aos mínimos sinais e sintomas apresentados pelas crianças e adolescentes.

 

Dentre os sinais e sintomas temos:

– palidez cutânea progressiva

-sangramento de mucosas (nariz, boca) ou manchas roxas pelo corpo, sem relação com traumas

– febre prolongada, perda de peso

– prostração, hipoatividade, fadiga persistente ou diminuição das atividades habituais (brincadeiras)

– vômitos e cefaléia persistentes

– alteração da marcha, do equilíbrio e da fala, perda de força muscular

– “caroços” ou “ínguas” em qualquer lugar do corpo com crescimento progressivo

– alteração da visão, estrabismo ou opacidade nos olhos em fotografias com flash

– dores ósseas, nas articulações e nas costas

HCFAMEMA

Programa Inova do HCFAMEMA faz a entrega oficial de novos equipamentos

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA promoveu na manhã desta quinta-feira, dia 17 de setembro, mais uma ação do programa INOVA HCFAMEMA, realizando uma cerimônia oficial de entrega de novos equipamentos para a Instituição por meio de uma webconferência para autoridades convidadas, diretores, coordenadores, funcionários e representantes da comunidade.

O programa INOVA HCFAMEMA é parte do projeto de gestão administrativa do Hospital das Clínicas de Marília, para apresentar oficialmente e dar publicidade aos investimentos realizados tanto em recursos humanos, como em equipamentos e melhorias da infraestrutura do hospital.

O INOVA busca dar publicidade e transparência aos atos da atual gestão, anunciando as inaugurações de novas instalações, as entregas de novas aquisições e os aperfeiçoamentos técnicos, assistenciais ou administrativos em implantação, que se enquadram no projeto permanente de inovação e melhoria da assistência à saúde oferecida pelo HCFAMEMA.

Nesta solenidade foi dada publicidade e oficialização do investimento de mais de R$ 357 mil reais na aquisição e agora entrega os equipamentos: 1 Micrótomo,1 Centrífuga, 4 Cardiotógrafos, 5 Eletrocardiogramas, 20 Suportes de Soro, 15 Escadas para uso hospitalar, 5 Refrigeradores e 11 Freezers.

A superintendente do HCFAMEMA, Dra. Paloma Libanio, destacou que os investimentos foram feitos graças a recursos do governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria Estadual de Saúde.

“Os novos equipamentos vão possibilitar oferecermos uma saúde de mais qualidade para a população em diversos setores da assistência no HCFAMEMA. Ficamos orgulhosos de ver a Instituição estar cada vez melhor equipada e destacamos que todo o investimento feito é sempre visando melhorar as condições e a qualidade da assistência à saúde que oferecemos a 1,2 milhão de vidas em uma região com 62 cidades”, declarou a Dra. Paloma.

Para mostrar as novidades a Gerência de Comunicação do HCFAMEMA produziu um vídeo de apresentação dos novos equipamentos e dois outros vídeos com profissionais da Instituição explicando a função e importância de alguns deles para a melhoria da assistência (assista abaixo).

 

 

 

 

 

HCFAMEMA

HCFAMEMA recebe há seis meses doações para combater a COVID-19

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA recebe há seis meses doações variadas de diversos tipos de doadores, desde 22 de março de 2020. Periodicamente é divulgado o balanço parcial das doações por período. De 20 de agosto a 16 de setembro, última atualização, mais quatro instituições se voluntariaram em ajudar a Instituição a oferecer assistência à saúde aos pacientes suspeitos ou confirmados com COVID-19, em média e alta complexidade, para 1,2 milhão de pessoas em 62 cidades da região.

O Supermercado Tauste contribuiu mais uma vez, doando aparelhos eletrônicos do tipo tablets para serem utilizados no programa de Televisita do HCFAMEMA. A indústria de cosméticos NIVEA doou latinhas de hidratante de pele para serem doados aos profissionais do hospital. Duas diferentes filiais da Droga Raia em Marília promoveram campanhas de arrecadação de álcool gel entre seus clientes para ajudar o Hospital das Clínicas de Marília. Houve ainda nova doação de EPIs da Diretoria Regional de Saúde de Marília (DRS-IX).

Desde o início da pandemia que a solidariedade surgiu de dezenas de fontes e vem contribuindo de diversas formas. São milhares de itens doados por centenas de empresas comerciais e de serviços, de indústrias, órgãos governamentais, associações, cooperativas, grupos voluntários, pessoas físicas e muitos que pediram para não ser identificados.

Como em todas as divulgações parciais das doações, dando publicidade ao ato voluntário, o HCFAMEMA faz questão de agradecer o apoio, a dedicação e compromisso com o Hospital das Clínicas de Marília. “Nós só temos que agradecer e honrar toda essa dedicação e ajuda, nos comprometendo cada vez mais em dar o nosso melhor em prol da comunidade e de uma assistência à saúde de mais qualidade”, declarou a superintendente do HCFAMEMA, Dra. Paloma Libanio.

 

DOADOR DOAÇÃO DATA
Tauste Tablets  20/08/2020
Nivea Hidratante 25/08/2020
Droga Raia Álcool gel 09/09/2020
DRS IX Máscara Cirúrgica, Máscara N95 e Protetor facial 10/09/2020
Droga Raia Álcool gel 10/09/2020

 

HCFAMEMA

HCFAMEMA publica vídeos para ajudar na prevenção ao suicídio

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, através do Serviço de Atenção à Saúde do Colaborador (SASC), produziu com a colaboração do Núcleo de Publicidade e Marketing da Gerência de Comunicação (GC) da Instituição uma série de três vídeos informativos com orientações sobre o que é, quais as suas características e como agir para se prevenir um suicídio.

Os vídeos foram publicados no começo do mês nas redes sociais do HCFAMEMA (Facebook e Instagran) e a partir desta terça-feira, dia 15 de setembro, ficam disponíveis também na página do HCFAMEMA no Youtube (clique nos links abaixo para assistir aos vídeos).

A iniciativa do SASC é uma ação de apoio à iniciativa conjunta da ABP Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), que lançaram neste mês a Campanha Nacional de prevenção ao Suicídio, o Setembro Amarelo® 2020, com o lema: “É Preciso Agir”.

No HCFAMEMA, o lema escolhido para a campanha local de prevenção ao suicídio foi “Se tem Vida, Tem Jeito”, uma frase da psicóloga e pós-doutora pelo Instituto de Psicologia da USP, Karina Okajima Fukumitsu. A autora da frase é uma referência nacional em prevenção e posvenção do suicídio, com trabalhos valorosos publicados na área.

Para ajudar nessa missão, de estimular a ação contra o suicídio, que o Serviço de Apoio à Saúde do Colaborador convidou sua psicóloga, Monique Marques Manfrê, para que comentasse sobre alguns dos principais questionamentos que a maioria das pessoas fazem sobre o tema do suicídio:

 

SASC CAMPANHA SUICÍDIO – PARTE 01

 

 

SASC CAMPANHA SUICÍDIO – PARTE 02

 

SASC CAMPANHA SUICÍDIO – PARTE 03

HCFAMEMA

IFMSA Brazil FAMEMA realiza I Simpósio de Mulheres na Medicina

A IFMSA Brazil FAMEMA realiza de 16 a 18 de setembro o I Simpósio de Mulheres na Medicina, trazendo oito palestrantes convidadas, para falar sobre suas experiências e histórias como mulheres e médicas. O evento é online e ao se inscrever recebe o link para assistir as palestras ao vivo.

Foram convidadas a Dra. Paloma Libanio, Superintendente do HCFAMEMA; Dra. Esther Manfrini, professora da cadeira de GO na UFSJ; Dra. Beatriz Bonamichi, endocrinologista com doutorado em diabetes e obesidade pela Santa Casa; Dra. Maria Camila Lunardi, docente de Medicina da Faculdade Santa Marcelina; Dra. Jesselina Haber, coordenadora da Pediatria do curso de Medicina da Unimar; Dra. Giselle Coelho, atual diretora científica da EDUCSIM; Dra. Joana Bastos, médica pela UNICAMP e Dra. Olga Alvares, neurocirurgiã.

O objetivo do evento foi convidar médicas que pudessem compartilhar um pouco de sua história e experiência. Segundo a Demografia Médica de 2018, entre os profissionais com até 29 anos, as mulheres já são maioria, representando 57,4% de toda categoria.

Segundo os organizadores, o simpósio busca inspirar uma futura geração de médicas a partir de histórias de profissionais que alcançaram sucesso em uma época onde havia maiores dificuldades do que hoje em dia.

Os membros do Comitê IFMSA Brazil FAMEMA envolvidos na organização desse evento são: Gabriel Stanziola de Moraes (2º ano), Clara Ramires de Brito Paulichi (4º ano), Giovanna Gimenez Souza de Freitas (2º ano); Laura Reyes González (4º ano), Caroline Ribeiro Sousa (1º ano), Caroline Gulgueira Fernandes da Silva (2° ano), Mariana Canevari de Maio (2º ano), Amanda Souto Perfeito (1º ano), e Luiza Resende Felisberto (1º ano)

As inscrições são gratuitas: https://forms.gle/Lsa73UFiERjWvhVq7

 

CRONOGRAMA

16/09 (quarta)

18h30 – Dra. Beatriz Bonamichi

20h – Dra. Esther Manfrini

21h15 – Dra. Giselle Coelho

 

17/09 (quinta)

18h30 – Dra. Maria Lunardi

20h – Dra. Olga Alvares

 

18/09 (sexta)

18h30 – Dra. Jesselina Haber

20h – Dra. Paloma Libanio

21h15 – Dra. Joana Bastos

HCFAMEMA

Nota de Falecimento

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento do médico radiologista Carlos Alfredo Braga Rezende, formado pela 2ª Turma de Medicina da FAMEMA.

Ele deixa a esposa Maria Amélia e filhos, entre eles, a enfermeira do Hospital Materno Infantil de Marília, Ana Fernanda da Silva Braga Rezende.

Aos familiares e amigos nossos sentimentos.

HCFAMEMA

Mais três pacientes recuperados da COVID-19 autorizam o registro da saída de alta hospitalar

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMWMA agradece a compreensão e confiança da população que conhece e acredita na seriedade, compromisso e zelo que a Instituição tem para com todos os seus pacientes e para com a missão de cuidar da saúde de uma população de 1,2 milhão de vidas em 62 cidades da região. No enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, seus profissionais de saúde se orgulham do que fazem e se sentem realizados em cada paciente que se recupera da COVID-19, vencendo os sintomas graves que o hospitalizaram.

Nem todos gostam de se expor ou de aparecer em um momento delicado e preocupante como esse, mas todos os pacientes que autorizam o registro da saída hospitalar, após alta médica, os profissionais de saúde fazem questão de registrar, de parabenizar pelo sucesso da recuperação e o tão esperado retorno para casa, para o convívio familiar.

O Departamento de Atenção à Saúde de Alta Complexidade (DASAC) reuniu três destes momentos, que ilustram a emoção diária de tantos profissionais e pacientes que ao sofrerem juntos as angústias da dor e do medo também comemoram juntos a felicidade da cura e do retorno ao cotidiano.

Nas últimas semanas, três pacientes se deixaram firmar e um deles, inclusive, fez um relato emocionado de despedida do hospital. Assista à saída hospitalar de Luzia Cassimiro Aroni, que recebeu alta médica no dia 3 de setembro. De Ivanil Rodrigues Lopes, que voltou para casa no dia 22 de agosto e de Aluízio Barbosa Lima, que voltou para a família no dia 21 de agosto.

HCFAMEMA

Nota de Falecimento

É com profundo pesar que o HCFAMEMA comunica o falecimento do médico e ex-aluno de medicina da FAMEMA (2012-2017), Renan Moreira da Silva, 28 anos, ocorrido na madrugada desta quinta-feira, dia 10 de setembro. Atualmente ele cursava a residência médica em Ginecologia e Obstetrícia, na FAMERP (São José do Rio Preto).

Renan deixou o pai Otávio Forte Pereira da Silva e a mãe Denise Regina Moreira. O velório foi agendado para o dia 11 de setembro, com início às 11h, no Parque das Palmeiras, e o sepultamento, às 14h45, no Cemitério São João Batista, em sua cidade natal, Rio Claro (SP).

Aos familiares e amigos, nossos sentimentos.

HCFAMEMA

Droga Raia arrecada 405 frascos de álcool gel e realiza doação ao HCFAMEMA

A filial da Droga Raia da Avenida Tiradentes arrecadou de seus clientes um total de 405 frascos de álcool gel 70% durante 60 dias para serem doados ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA. A entrega dos produtos foi realizada na tarde desta quarta-feira, dia 9 de setembro, na entrada da filial, com a presença de funcionários da rede farmacêutica e representantes da Superintendência do Hospital das Clínicas.

Por iniciativa da Droga Raia, cada filial escolheu uma instituição de saúde que está combatendo a COVID-19 e organizou junto aos seus clientes uma campanha de arrecadação de álcool gel para o hospital. Para a gerente da filial da Tiradentes, Rafaela Cavalcante Martins Zanfred, a campanha oferecia uma intermediação para quem já tinha a vontade de ajudar, mas não sabia como.

“Ficamos muito felizes com o resultado da campanha, com a receptividade de nossos clientes em querer ajudar o Hospital das Clínicas, e melhor ainda por ter conseguido envolver a equipe nesta ação social em prol de uma boa causa”, disse Rafaela.

A doação dos clientes da Droga Raia foi entregue ao Chefe de Gabinete, João Paulo K. Lima, representando a Superintendente do HCFAMEMA, Dra. Paloma Libanio, e a Coordenadora, do Núcleo de Apoio à Comunidade da Faculdade de Medicina de Marília (NUAC/FAMEMA), Sônia Custódio. A Droga Raia em Marília já são parceiros do NUAC há muitos anos

“Gostaria de agradecer em nome da Superintendente do HCFAMEMA a iniciativa da Droga Raia em desenvolver uma campanha em benefício da Instituição e também parabenizar o ato de solidariedade e engajamento dos clientes da loja”, destacou João.

No dia 25 de agosto outra filial da Droga Raia em Marília também fez a mesma campanha com seus clientes e arrecadou 326 frascos de álcool gel. 

 

HCFAMEMA

Chegaram mais 55 polvos de crochê doados aos bebês da UTI Neonatal do Materno Infantil

Está em festa a UTI Neonatal e a Enfermaria da Maternidade do Hospital Materno Infantil de Marília (HMI), coordenado pelo Departamento de Atenção à Saúde Materno Infantil (DASMI) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA. É que chegaram 55 novos polvos de crochê, 16 casaquinhos, e centenas de body, fraldas, toucas, luvas, cueiros, mantas de crochê e de microfibra, todos doados por um grupo de voluntárias assíduas, que há muitos anos costuram e se comprometem a doar insumos a serem entregues ao bebês, suas mães e outras mulheres que são hospitalizadas na Instituição.

Os polvos de crochê, um “brinquedo” que acalma e ajuda na recuperação de bebês prematuros, uma técnica inventada na Dinamarca e utilizada no mundo inteiro. Os polvos vêm de São Paulo, de Maria Souza e Marta Teles, primas da Dra. Miriam Rosa Ferraz José, ginecologista e obstetra do Materno Infantil e diretora técnica da Gerência em Saúde da Mulher do DASMI.

“Como há também doações de produtos de bebês, de higiene, e para adultos, como mantas.  Os kits são montados pela Alessandra, esposa do Dr. Wagner Laguna, a mãe dela, a esposa do Dr.Tanuri, entre outras voluntárias”, são doados desde quando a Dra. Carla Bicudo era Diretora Técnica do HC II e continuam até hoje, conta Dra. Miriam José.

As doações são periódicas e toda ajuda é sempre bem-vinda, pois é em benefício das pacientes que são assistidas no hospital. “Tem bebês que não tem nenhuma roupinha de troca, mães que precisam de ajuda e muitos destes kits e mantas ajudam a manter nossas pacientes melhor aquecidas”, declarou a médica.

HCFAMEMA