• (14) 3402-1744
  • superintendencia@hc.famema.br

Category ArchiveNoticias

Palestra no Hemocentro ensina a abordagem dos pacientes na Oncologia e seus familiares

O Hemocentro ou Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia, uma das cinco unidades assistenciais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, realizou na manhã desta sexta-feira, dia 14 de fevereiro, a palestra “Abordagem dos Pacientes e Seus Familiares na Oncologia”, ministrada pela enfermeira Ariana Aparecida Lins Aleksandrov Salum.

Ariana Aparecida Lins Aleksandrov Salum é graduada em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia de Jahu (1988), tem Aperfeiçoamento em Enfermagem em Dermatologia, pelo Instituto Lauro de Souza Lima ( 1990), Especialização em Educação Profissional na área de saúde: Enfermagem ( 2005), Especialização em Ações em Saúde baseada em evidências ( 2009) e atualmente é enfermeira na Fundação Municipal de Ensino Superior de Marília, como enfermeira gerente do ambulatório de Onco Hemato Infantil e Adulto, e do setor de coleta de exames laboratoriais do Hemocentro.

Funcionários do Santander vão ao Hemocentro doar sangue em campanha nacional de incentivo

O Hemocentro de Marília, uma das cinco unidades assistenciais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, celebra um pequeno aumento na captação de sangue neste mês de fevereiro com a recepção de um grande número de funcionários voluntários das seis agências do Banco Santander em Marília. É que de 8 a 20 de fevereiro acontece a campanha nacional da instituição financeira para o incentivo à doação de sangue.

O superintendente do Santander para a região de Marília, Emerson Douglas Camargo de Carvalho, conta que a campanha, criada há apenas dois anos para todas as agências do Brasil, em dois períodos do ano, em fevereiro e setembro, já registrou 30.600 doações por seus colaboradores em todo o território nacional. “Em nossa região, as 25 agências do banco estão incentivando seus funcionários a se tornar um doador de sangue”, conta ele.

A assistente social responsável pelo atendimento do setor de captação do Hemocentro, Dayane Galletti, conta que a doação dos funcionários do Santander chegou para atenuar a queda brusca de captação que ocorre em todo começo de ano. “O período de férias, somado a este período de chuvas, reduz o número de doadores de repetição, como chamamos os cidadãos que já se habituaram a doar sangue periodicamente como uma forma de contribuir com a sociedade”, declarou.

Ao longo do ano, por mês, o Hemocentro recebe cerca de dois grupos de voluntários, em torno de 40 participantes em média. “Se pensarmos que existem centenas de empresas, dezenas de cidades e milhares de instituições de toda a natureza, poderíamos receber muito mais grupos na contribuição ao estoque de sangue do HCFAMEMA”, declarou a assistente social.

Para doar, basta comparecer ao Hemocentro, das 7h às 13h, de segunda a sábado, na Rua Lourival Freire, 240, no bairro Fragata. Mais informações pelo telefone (14) 3402-1851.

Grupo “A Virtude da Música” toca música clássica no Pronto Socorro do HCFAMEMA

O quinteto de instrumentistas de uma orquestra sacra de Marília se apresentou na tarde de sábado, dia 8 de fevereiro, no saguão do Pronto Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA. Eles reproduziram diversas músicas clássicas durante o período de uma hora, tendo como plateia os pacientes e familiares que aguardavam o atendimento, como também funcionários da instituição que passavam pelo local.

A iniciativa é uma proposta voluntária dos músicos, que desde 2015 se apresentam em hospitais de Marília e região. “Somos membros de uma igreja, tocamos na orquestra dela, mas criamos este grupo para promover uma ação solidária, sem vínculo religioso, para levar a música a quem mais precisa”, declarou um dos integrantes, André Freitas.

O quinteto, com três violinos, um violoncelo e uma flauta, irá se apresentar durante todo o ano de 2020 no HCFAMEMA. As datas de apresentação são: 7 de março, 4 de abril, 9 de maio, 30 de maio, 6 de junho, 4 de julho, 1 de agosto, 29 de agosto, 5 de setembro, 10 de outubro, 14 de novembro e 5 de dezembro.

Famema realiza cerimônia de encerramento da Residência de Cirurgia Geral e do Trauma

A Famema (Faculdade de Medicina de Marília) realizou neste sábado, dia 08 de janeiro, a cerimônia de encerramento da 34ª turma de Residência de Cirurgia Geral e do Trauma.

A solenidade ocorreu no Auditório Dr. Mário Alberto Cosentino. A mesa solene foi formada por: Prof. Dr. Valdeir Fagundes de Queiroz – Diretor Geral da Famema; Profa. Ms. Paloma Aparecida Libanio Nunes – Superintendente da Autarquia HCFAMEMA; Prof. Dr. Flávio Trentin Troncoso – Coordenador do Programa de Residência Médica da Famema; Prof. Ms. Roberto Tussi Junior – Coordenador da Residência de Cirurgia Geral e do Trauma da Famema.

 

Residentes da Trigésima Quarta Turma de Cirurgia Geral e do Trauma da Faculdade de Medicina de Marília: Dra. Georgia Terra Lustre Di Flora, Dra. Heloísa Mandolini Silva, Dra. Jaciene Rocha Nunes, Dr. Luís Gustavo Figols Rachella, Dra. Mariana Said Moreira, Dr. Rafael Baldissera Cardoso e Dr. Vitor de Oliveira Lima.

 

No final da cerimônia, os residentes prestaram homenagens aos familiares e  professores, como forma de agradecimento por todos os ensinamentos, paciência e dedicação durante os dois anos de residência médica.

FAMEMA e HCFAMEMA contam a História do Carnaval Antigo

O Núcleo de Apoio à Comunidade (NUAC) da Faculdade de Medicina de Marília – FAMEMA, com colaboração do Hospital das Clínicas – HCFAMEMA, promoveu nesta sexta-feira, dia 7 de fevereiro, uma atividade aberta ao público para celebrar o Carnaval 2020. Uma palestra relembrou a História do Carnaval Antigo. O evento aconteceu na praça e auditório na Avenida Monte Carmelo, 800, e no Auditório.

A professora Manuela Arnao contou um pouco sobre como era a celebração da maior festa popular brasileira no passado, relembrando épocas de ouro dos foliões, quando as marchinhas carnavalescas tomavam conta do imaginário brasileiro.

Para complementar a atividade foi convidado o Coral da União dos Aposentados e Pensionistas de Marília para ilustrar e animar a celebração. Eles irão interpretar diversas marchinhas famosas, animando o evento.

“A atividade cultural contou história do carnaval antigo, até os dias atuais, pela professora Manuela Arnao. O intuito foi proporcionar, também, um momento de laser para terceira idade, uma vez que o Coral da UAPEM, quem animou o evento, apresentou marchinhas antigas”, descreveu Sônia Custódio, responsável pelo NUAC.

Materno Infantil promove capacitação sobre cuidados de pacientes com PICC

O Departamento de Atenção à Saúde Materno Infantil (DASMI) ou Unidade Assistencial 2 (HC II) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, conhecido por Hospital Materno Infantil de Marília (HMI), promoveu de 3 a 5 de fevereiro um curso de capacitação profissional para os funcionários. Eles receberam treinamento de aperfeiçoamento da manutenção e cuidados dispensados ao paciente que faz uso do cateter central de inserção periférica (PICC).

O evento foi organizado pela Diretoria Técnica e pelo Núcleo de Segurança do Paciente foi apresentado pela palestrante Fernanda Félix (HDL). “Houve momentos de muita sensibilização sobre práticas e culturas que comprometem a segurança do paciente”, destacou uma das organizadoras do curso, a enfermeira Maria das Neves Firmino da Silva.

Segundo Maria das Neves, a palestrante contribuiu para o amadurecimento profissional nas práticas relacionadas à qualquer tipo de cateter. “Avançamos um pouco mais na missão do cuidado seguro”, concluiu.

HCFAMEMA elabora Plano de Contingência para atendimento dos possíveis casos de Coronavírus

A Superintendência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, em conformidade com o Núcleo de Vigilância Epidemiológica e demais setores hospitalares, informa que, diante da atual situação epidemiológica do novo Coronavírus (2019-nCoV) elaborou um Plano de Contingência para o manejo de casos suspeitos ou confirmados da doença.

O HCFAMEMA instituiu no dia 29 de janeiro de 2020 o Grupo de Trabalho para elaboração do Plano de Contingência, responsável tanto por atualizar as normas e procedimentos no atendimento de casos de Dengue, Shikungunya, Zika e Vírus Influenza, como por contemplar também o novo Coronavírus (2019-nCoV).

O HCFAMEMA reitera que já possui estrutura para prestar assistência a casos de doenças de transmissão respiratória, tendo historicamente contribuído de forma efetiva em situações anteriores de epidemias de Influenza pelo vírus H1N1. A instituição conta com leitos de isolamento respiratório em diversos setores (pediatria, infectologia e UTI), equipe especializada em doenças infecciosas, um Núcleo de Vigilância Epidemiológica para apoiar as ações de manejo e controle em situações de epidemias, bem como conta com profissionais treinados para atender eventuais casos de doenças transmissíveis.

O Plano de Contingência adota todas as medidas de preparação para eventual ocorrência ou aumento do número de casos de doença respiratória pelo novo Coronavírus, desde a identificação de casos, fluxos de atendimento, medidas de precaução e isolamento, notificação das suspeitas, procedimento de coleta para exames confirmatórios e o suporte clínico dos casos.

A instituição destaca, entretanto, que o atendimento é somente para média e alta complexidade, orientando os pacientes a primeiro procurar o atendimento na rede básica de saúde, para então, após diagnóstico preliminar, seja reencaminhado ao HCFAMEMA quando forem detectados casos “graves”.

Hemocentro oferece programação para Fevereiro Laranja, mês de conscientização sobre a leucemia

Fevereiro também é um mês de conscientização e a cor laranja ganha destaque, trazendo uma importante mensagem de conscientização, a campanha Fevereiro Laranja: mês de combate à leucemia. A leucemia é uma doença que se inicia na medula óssea, onde o sangue é produzido.

A campanha alerta sobre a prevenção e, consequentemente, frisa a importância da doação de medula óssea. A prevenção da leucemia pode ser feita através de exames de rotina. É necessária atenção para qualquer alteração no sangue que possa surgir nestes exames e caso exista suspeita da leucemia, é realizado um exame chamado mielograma, no qual é coletada uma pequena quantidade de medula óssea e se o resultado for positivo, o tratamento deve der iniciado imediatamente.

No Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília, o Hemocentro, uma programação especial foi organizada para o próximo dia 14 de fevereiro, às 11h. Uma palestra organizada pela Diretoria do Departamento com o Grupo de Gestão da Qualidade foi preparada para os funcionários do HCFAMEMA para tratar do seguinte tema: “Abordagem dos Pacientes e Seus Familiares na Oncologia”, ministrado pela enfermeira Ariana Aparecida Lins Aleksandrov Salum. As vagas são limitadas ao número de acentos do auditório do Hemocentro.

Rádio-Oncologista do HCFAMEMA destaca a importância da tecnologia contra o câncer

O câncer já é a segunda maior causa de morte no Estado de São Paulo e em alguns anos deve se tornar a primeira. O médico radioterapeuta e oncologista Eduardo José Stefano (CRM 31.589), responsável técnico da Radioterapia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília, conta que são diversos os fatores que implicam no aumento da alta incidência da doença na sociedade, destaca que a população tem como reduzir suas chances e comemora, inclusive, boas notícias do HC para se ampliar o atendimento instituição, que já é referência e modelo para toda a região.

O médico Eduardo José Stefano

Nesta terça-feira, dia 4 de fevereiro, é o Dia Mundial do Câncer, por iniciativa da União Internacional para o Controle do Câncer (UICC), com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). O intuito é promover maior conscientização e educação sobre a doença.

Eduardo José Stefano, que há 36 anos trabalha com dedicação exclusiva na radioterapia do HCFAMEMA, conta com orgulho sobre a Radioterapia do Hospital das Clínicas, que atualmente possui os melhores equipamentos de alta tecnologia do mercado, como um tomógrafo dedicado e um acelerador linear de última geração, capaz de oferecer radioterapia de intensidade modulada (IMRT), de alta precisão, que permite a administração de altas doses de radiação no volume alvo, minimizando as doses nos tecidos normais adjacentes de forma muito eficaz.

A Unidade de Radiologia do HCFAMEMA

A boa notícia, é que através de emendas e convênios parlamentares o HCFAMEMA está para adquirir ainda mais equipamentos, para se ampliar ainda mais sua capacidade de atendimento. Um segundo tomógrafo dedicado está para ser adquirido com a verba de R$ 1 milhão destinado ao hospital. “Quanto mais equipamentos, maior nossa capacidade de atendimento, e melhores tecnologias são empregadas para se ampliar o sucesso dos tratamentos”, informou. Como as pesquisas em IMRT realizadas pela FAMEMA e HCFAMEMA, que já são referência médica em publicações internacionais, tais como no International Journal of Radiation Oncology, Biology, Physics- também conhecido no meio da oncologia e Radioterapia como The Red Journal.

O tomógrafo dedicado capaz de realizar planejamento em 3D dos tumores a serem tratados

O acelerador linear capaz de emitir radiação apena no local necessário

Visualização em 3D do paciente e seus órgãos vitais

A radioterapia de intensidade modulada (IMRT) administra altas doses de radiação somente no alvo

A radiação direcionada, contornando o tumor, preserva tecidos e órgãos sadios

 

Palestra debate implantação de melhorias na segurança ao paciente

Os profissionais do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA participaram da palestra “Implantação de Núcleo de Segurança do Paciente”, um programa de educação continuada para prestadores hospitalares, clínicas de diagnóstico por imagem e laboratórios, apresentada pela consultora do IAG (Instituto de Acreditação e Gestão em Saúde), a enfermeira Gabriela Barbosa.

Com foco em melhorias de processo, a capacitação ofereceu conhecimentos para a implementação de medidas de segurança para redução de riscos e falhas das assistências, com vista às ações e estratégias para diminuir falhas e eventos adversos. As orientações e conceito de segurança do paciente seguem as recomendações da Organização Mundial de Saúde.

Entre os temas, os profissionais do Núcleo de Segurança do Paciente do HCFAMEMA receberam instruções sobre a criação de regimento interno, definindo responsabilidade e atribuição dos membros, as regras do núcleo e periodicidade de atividades.