• (14) 3434-2525
  • superintendencia@hcfamema.sp.gov.br

Category ArchiveNoticias

“Hemocentro Itinerante” abre agendamento para captações em Garça e Lins

O Hemocentro de Marília estará presente em duas ações regionais para coleta de sangue nos municípios de Garça e Lins. A ação ocorre através de parceria com a SAS Brasil, startup que leva saúde especializada a diversas regiões do país, e conta com veículo acoplado a carreta adaptada com espaços para o atendimento e conservação das bolsas. A iniciativa também tem o apoio da Drogaria São Paulo e a farmacêutica Roche; o HCFAMEMA também é parte da força-tarefa e presta apoio operacional.

Em Garça a ação está prevista para ocorrer de 5 a 8 de abril. As doações poderão ser feitas das 8h às 12h, na Praça Hilmar Machado de Oliveira, 102, em frente à Prefeitura; já em Lins as coletas acontecem entre os dias 11 e 14 de abril, das 8h às 12h, na avenida José da Conceição, 111, Casa de Cultura. Em ambas as ações o doador já pode fazer o agendamento prévio através de sistema disponível no site www.sasbrasil.org.br/hemocentro.

De acordo com a médica Adriana Mallet, CEO da SAS Brasil, com a pandemia os estoques dos principais hemocentros brasileiros sofreram reduções significativas; mesmo pessoas que já tinham o hábito de doar sangue regularmente deixaram de ir aos centros recolhedores. “Utilizar a carreta com impacto entre uma e outra expedição da SAS Brasil sempre foi um objetivo nosso”, diz.

“Ver este projeto entrar no terceiro ano, ainda mais maduro e com números tão significativos e parceiros tão importantes como a Drogaria São Paulo e a Roche nos faz imensamente felizes”, completa.

Expectativa também bastante positiva entre os colaboradores do Hemocentro de Marília. “É a primeira vez que a carreta percorre o interior do Estado. Todo o processo de atendimento, triagem e coleta do sangue dura em torno de 50 minutos e será feito por funcionários treinados e com acompanhamento médico. Esperamos todos para esse momento de solidariedade”, conclui a assistente social do Hemocentro de Marília, Lucimara Custório.

Serviço: Hemocentro Itinerante da SAS Brasil – Drogaria São Paulo e Roche Brasil

GARÇA:

Data: 5 e 8 de abril (terça a sexta)
Horário: das 8h às 12h
Endereço: Praça Hilmar Machado de Oliveira, 102, (em frente à Prefeitura), Garça, SP.

LINS:

Data: 11 e 14 de abril (segunda a quinta)
Horário: das 8h às 12h
Endereço: Av. José da Conceição, 111 (Res. Real Parque/ Casa de Cultura), Lins, SP.

Saiba mais sobre o Câncer de Rim

A campanha “Março Vermelho” tem o objetivo de promover a conscientização sobre o Câncer de Rim. Buscamos mais informações com a Dra Renata Filpi Martello da Silveira, médica especialista em Oncologia Clínica no HCFAMEMA. Conheça abaixo mais detalhes sobre a doença e ações que podem preveni-la.

– O que é o Câncer de Rim e qual a incidência na população?
O câncer de células renais (CCR) é uma doença na qual células malignas se formam nos túbulos do rim. É o 9º câncer mais comum em homens e 14º câncer mais comum em mulheres em todo o mundo.

– Por que a taxa de incidência tem aumentado nos últimos anos?
As taxas de incidência estão aumentando anualmente e as causas são multifatoriais. O diagnóstico precoce e procedimentos urológicos bem-sucedidos podem salvar vidas.

– Quais os sintomas da doença?
Os sinais de câncer de células renais incluem sangramento na urina e massa abdominal. No entanto, apenas até 10% dos pacientes com CCR apresentam sintomas clínicos característicos.

– Como é o diagnóstico da doença?
Mais de 60% são detectados incidentalmente em exames ultrassonográficos de rotina. O exame físico do abdome, ultrassom, tomografia e ressonância magnética são os meios mais usados para diagnosticar o câncer de células renais.

– Quais são os fatores de risco que favorecem a doença?
Os fatores de risco são predisposição genética/hereditária, obesidade, tabagismo, hipertensão, exposição a produtos químicos industriais tóxicos ao rim e radioatividade contribuem para que a doença se desenvolva.

– Quais medidas podem ser tomadas para afastar o risco da doença?
É fundamental o controle da obesidade, tabagismo, exposição a produtos químicos e a auto-medicação. Além disso, na alimentação recomenda-se reduzir o consumo de carnes, com aumento do consumo de frutas e vegetais ricos em fibra. Também orienta-se a realização de atividade física e acompanhamento periódico se existem casos na família.

– Qual o tratamento do Câncer de Células Renais (CCR)?
São usados cinco tipos de tratamento para este tumor, dependendo da situação inicial da doença e da condição física do paciente para receber o tratamento através de cirurgia, radioterapia, quimioterapia, imunoterapia e terapia de alvo.

 

Imprensa

imprensa@hc.famema.br

Gerência de Comunicação HCFAMEMA

HCFAMEMA recebe indicação de R$ 1 milhão para suporte em saúde infantojuvenil

O HCFAMEMA foi indicado para recebimento de aporte de R$ 1 milhão para implementação de estrutura para atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violências. O anúncio foi realizado na tarde desta sexta-feira (25) pelo Presidente da Frente Parlamentar Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, Deputado federal Roberto Alves.

“É um grande prazer anunciar esse recurso porque o que beneficia o HCFAMEMA, também beneficia a toda região. Tenho convicção de que o HCFAMEMA saberá dar os melhores direcionamentos à aplicação do repasse, que vem de encontro ao apoio de crianças e adolescentes vítimas de violências”, destacou o deputado.

O anúncio é complemento à emenda de autoria de Roberto Alves – já direcionada ao HCFAMEMA no valor de R$ 200 mil. “O Deputado sempre mostrou grande carinho às nossas causas. O anúncio de hoje simboliza mais um avanço do HCFAMEMA no caminho de proporcionar ainda mais excelência no atendimento a população”, disse a Superintendente do HCFAMEMA, Paloma Libanio.

Ao término do encontro, o deputado recebeu placa com menção honrosa do HCFAMEMA. Também acompanharam à solenidade representantes do Departamento Regional de Saúde (DRS IX – Marília), Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social, Rede Lucy Montoro e Famema, além de entidades organizadas do município, como o Rotary Club, Tadau Amigos do Bar, Projeto Vila Real, Projeto Vinde Meninos, Projeto Semear, Lar Amelie Boudet, Espaço Potencial, Apae e Cacam Marília.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HCFAMEMA lança programa de combate à violência contra a Mulher

O HCFAMEMA lançou nesta sexta-feira (25) o Programa “Diga Não” de combate à violência contra a Mulher. Trata-se de iniciativa que irá capacitar todos os colaboradores da instituição para se atentarem às formas de violência contra a Mulher e aos protocolos de apoio que devem ser tomados caso sinais de agressão sejam identificados.
As estatísticas apontam para uma realidade ainda muito presente. De janeiro a dezembro do ano passado, 19 mulheres foram atendidas no Hospital das Clínicas Materno Infantil em decorrência de agressões domésticas.

“O Programa marca o início de uma grande frente de proteção às mulheres. Queremos que todas as mulheres encontrem no HCFAMEMA um ambiente protetor, seguro e acolhedor. Não podemos mais acompanhar nossas estatísticas e ouvir calados que nosso país não é seguro para uma mulher viver. A mobilização começa em cada um de nós e o HCFAMEMA não vai ficar fora disso”, garantiu a Superintendente do HCFAMEMA, Dra. Paloma Libanio.
Além de colaboradores do HCFAMEMA, participaram do lançamento do Programa “Diga Não” representantes do Departamento Regional de Saúde (DRS-IX), Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social, Famema, Apae Marília, Projeto Vila Real, Amigos do COM, Centro Municipal de Referência da Mulher e Secretaria Municipal de Direitos Humanos.

O lançamento do Programa contou ainda a palestra da delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Marília, Dra. Viviane Boacnin Yoneda Sponchiado, com o tema “Atualizações da Lei Maria da Penha”. “Iniciativas como essa são extremamente positivas para a cidade e região. Ter um serviço de Saúde pública acolhedor e capacitado soma forças com a nossa luta em defesa das mulheres”, pontuou.

A próxima etapa compreende sensibilização do público interno, seguida de implantação do programa com “21 dias de ativismo” – que envolve ações de formação de multiplicadores entre os 2,3 mil colaboradores do HCFAMEMA. A etapa está prevista para ocorrer entre os dias 08 e 29 de abril.

Superintendente do HCFAMEMA é uma das indicadas à honraria do CREMESP

A superintendente do HCFAMEMA, Dra Paloma Libanio, é uma das 14 médicas de maior destaque no Estado e que concorrem à honraria “Dra Maria Augusta Generoso Estrela”. A honraria é uma iniciativa do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) que visa reconhecer o trabalho das profissionais que mais se destacam no exercício da profissão.


Os nomes das indicadas foram apontados por meio dos diretores do Cremesp, que analisaram a trajetória profissional de diversas médicas de todo o Estado. O processo de votação acontece de forma online através do site cremesp.org.br e segue aberto até às 18h do dia 4 de abril; somente médicos podem votar.

“Ser indicada a concorrer na primeira edição da entrega de uma honraria que escolherá anualmente uma médica pelos seus feitos, por si só, já é uma vitória de todas as indicadas. Por meio de votação pela internet apenas uma doutora será contemplada com a honraria, levando em conta a sua votação digital”, aponta nota do Cremesp.

A honraria recebe o nome da primeira médica brasileira e reconhece as lutas pelas quais as mulheres passaram até ocupar seus espaços dentro da carreira de medicina.

Ainda de acordo com informações do Cremesp, nos últimos anos observa-se um grande crescimento no número de mulheres formadas em medicina no Estado de São Paulo. Tanto que a perspectiva para os próximos anos é que Elas sejam maioria no exercício da profissão, como já ocorre em algumas especialidades.

A entrega da honraria para a médica mais votada será no dia 11 de abril, às 19h30, no auditório da sede do Conselho Regional de Medicina de São Paulo.

 

“Jardim Memorial” homenageia vítimas da COVID-19 no HCFAMEMA

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília (HCFAMEMA) inaugurou no último sábado (19) o Jardim Memorial – estrutura instalada no HC Adulto que homenageia os colaboradores da linha de frente e as 455vítimas atendidas pela instituição que perderam a vida na luta contra a doença. A data faz referência aos dois anos do recebimento do primeiro pacientecom a COVID-19.

A solenidade reuniu colaboradores, pacientes recuperados e familiares. Os presentes também realizaram um minuto de silêncio, seguido de discursos emocionantes. “Foi um momento de luta. Sempre vou me lembrar do carinho e acolhimento recebido por todos do hospital. Eu, que quase morri, estou hoje aqui para agradecer”, declarou Aparecido Balduino.
A colaboradora Rosângela Aparecida Esteves, membro da equipe da UTI Adulto, lembrou-se de momentos que mais lhe marcaram no enfrentamento da pandemia. “Muitas vezes, cansada de tantos plantões, observava muitas pessoas se reunindo e quebrando o isolamento social. Era muito triste, mas seguimos dando o máximo”, disse.
A família do médico Paulo Henrique Waib, que durante sua trajetória chegou a atuar como diretor técnico e responsável pelo Centro de Pesquisa em Hipertensão e Metabolismo do HCFAMEMA, foi representada por Cleide Baraldi e Cláudia Waib. “Um grande profissional da medicina que deixou um vazio grande na nossa família e também para a ciência. Que todos se lembrem de suas contribuições”, destacou Cleide.

A superintendente do HCFAMEMA, Paloma Libanio, ressaltou dados importantes e elogiou o trabalho dos colaboradores. “Desde o primeiro caso registrado, cuidamos de 5,5 mil pacientes da Covid, dos quais 2500 foram confirmados e 455 óbitos somados. O Memorial é símbolo de luta, homenagem às vítimas e perseverança de toda a equipe HCFAMEMA. Aprendemos e seguimos juntos em todos os momentos”, concluiu.

 

HCFAMEMA lança exposição “Olhares da linha de frente”

Dois anos de enfrentamento do Covid-19 registrados pelos olhares dos próprios profissionais que estiveram no enfrentamento da doença. Esta é a proposta da exposição “Olhares da linha de frente HCFAMEMA – Retratos de uma Pandemia” – mostra itinerante que foi lançada hoje no Esmeralda Shopping. O objetivo é promover homenagens, reflexões sociais e evidenciar o momento que há dois anos representou a chegada do primeiro paciente Covid à unidade HC Adulto.

Para a composição do acervo, que conta com 20 imagens, todos os 2,3 mil colaboradores do HCFAMEMA foram convidados a enviar registros pessoais realizados durante a pandemia. As fotos possuem estilo amador e foram impressas sem tratamento para transmitirem a real realidade durante os períodos mais críticos.

A exposição é gratuita. Na segunda-feira (21) as fotos serão expostas no HC Adulto, seguindo cronograma que passa pelo Ambulatório HC III (22), Hemocentro (23), HC Materno Infantil (24), CAPS (25) e Marília Shopping (dias 26 e 27/03).
Também no período da manhã os colaboradores do HCFAMEMA realizaram a inauguração do Jardim Memorial, também em homenagem aos colaboradores e vítimas da COVID-19. Na ocasião foram realizadas homenagens e descerrada uma placa solene fixada no “Espaço S” do Hospital das Clínicas Adulto.

Exposição “Olhares da Linha de Frente HCFAMEMA – Retratos de uma Pandemia”
19/03 e 20/03 – Esmeralda Shopping
21/03 – HC Adulto
22/03 – Ambulatório HCIII
23/03 – Hemocentro
24/03 – HC Materno Infantil
25/03 – CAPS
26/03 e 27/03 – Marília Shopping

Apoio:
Famema
Esmeralda Shopping
Marília Shopping
Fontinelle Odontologia

Mais informações:
(14) 99649 5783

HCFAMEMA presta homenagens aos funcionários e vítimas da Covid-19

Há exatos dois anos o HCFAMEMA recebia o primeiro paciente com sintomas de Covid-19. Um homem de 75 anos, vindo da cidade de Quatá/SP, apresentava comprometimento das vias respiratórias, falta de ar intensa, febre e tosse há mais de uma semana. Os sintomas eram claros e indicavam a chegada do vírus à região.

Desde o dia 18 de março de 2020 o HCFAMEMA contabiliza mais de 5,5 mil atendimentos COVID, dos quais 2,5 mil foram confirmados e 452 evoluíram a óbito. Para prestar homenagens e estimular reflexões sociais, dois eventos solenes estão previstos para a manhã deste sábado (19).

O primeiro é a inauguração do Jardim Memorial, às 10h, no HC I. Trata-se de um plantio simbólico de mudas com a fixação de uma placa que lembra os esforços da equipe de linha de frente e homenageia as vítimas que perderam a luta contra o vírus.

O segundo acontece às 12h no Esmeralda Shopping, com o lançamento da exposição “Olhares da linha de frente – Retratos da Pandemia” com fotografias registradas pelos próprios colaboradores da instituição. A mostra também irá percorrer de maneira itinerante as unidades do HCFAMEMA e Marília Shopping.

Programação: Sábado 19/03

10h – Inauguração do “Jardim Memorial”. Um espaço dedicado à homenagem das vítimas da COVID-19 que nos deixaram, aos pacientes recuperados e aos colaboradores do HCFAMEMA que muito se empenharam no enfrentamento à pandemia;
Local: “Espaço S” do HCFAMEMA
Rua Doutor Reinaldo Machado, 255 – ao lado do Portão 1 do HC Adulto
Fragata – Marília/SP

12h – Lançamento da Exposição “Olhares da Linha de Frente HCFAMEMA – Retratos de uma Pandemia”. A mostra apresenta fotografias registradas dentro dos hospitais do HCFAMEMA pelos olhares dos próprios profissionais que estiveram no enfrentamento da doença.
Local: Esmeralda Shopping
Avenida das Esmeraldas, 701 – próximo a praça de alimentação
Jardim Tangará – Marília/SP

 

Mais informações:

(14) 99649 5783

Imprensa

imprensa@hc.famema.br

Gerência de Comunicação HCFAMEMA

Iniciativa do HCFAMEMA estimula homenagens às mulheres

De janeiro a janeiro, saúde mental o ano inteiro. Esse é o slogan da campanha “Perceba-se”, uma iniciativa da Unidade de Cuidados em Saúde Mental do HCFAMEMA que neste mês de março tem como foco especial a saúde das Mulheres.

A ação conta com painéis interativos disponibilizados no saguão principal do HC I Adulto; no local é possível retirar e escrever em uma flor de EVA uma mensagem e oferecê-la a uma colaboradora admirável.
“Neste mês da mulher pensamos na saúde mental das colaboradoras do HCFAMEMA. A intenção é que todos reflitam e percebam as mulheres incríveis que temos em todos os nossos setores”, conta a psicóloga Camila Hoeppner Toledo.
Em janeiro, o tema da campanha foi “Janeiro Branco”; já em fevereiro a ação abordou o uso de máscaras sociais. “Abordamos um tema diferente a cada mês. Também envolvemos alguns dos pacientes atendidos na unidade no processo de preparação dos materiais das campanhas como complemento terapêutico”, acrescenta a terapeuta ocupacional Gabrielle Massela.

Placas fotovoltaicas já garantem energia para exames de imagem no HCFAMEMA

Energia limpa e em suficiente potência para o funcionamento de aparelhos médicos utilizados em exames de imagem, como tomografias e raios-X. Esses são alguns dos equipamentos do HCFAMEMA que já recebem energia proveniente das 580 placas fotovoltaicas instaladas em parceria com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
As vantagens já são percebidas com a economia de até R$ 20 mil na conta de energia elétrica mensal, além da redução com os custos de manutenção, antes frequentes. “As placas entraram em funcionamento neste ano e a intenção é ampliar para as outras unidades do HCFAMEMA”, afirma o engenheiro civil, Bruno Barbarotto Gusson.
Para melhor aproveitamento do potencial energético, as placas foram instaladas nos telhados do prédio em face norte do HC Adulto. “Toda a energia gerada é consumida no próprio hospital de maneira instantânea. Após vários estudos, as placas foram instaladas sobre o telhado”. 
Cada um dos módulos fotovoltaicos possuem 345 watts de potência pico. Também fazem parte do sistema três inversores de corrente de 60 quilowatts/cada, além de dispositivos de proteção e medição em média tensão.
Barbarotto conta ainda que a incidência solar e consequente produção de energia variam conforme o período do ano ou horário do dia; o acompanhamento da geração de energia é controlado através de aplicativo de celular.
“O processo de instalação das placas começou há um ano. Uma das exigências da CPFL foi a instalação de uma cabine de proteção da rede pública. As placas já são responsáveis por garantir energia ao quadro de 380v, além do chiller do ar condicionado da ala C”.
A superintendente do HCFAMEMA, Dra Paloma Libanio, acrescenta que essa é apenas mais uma da série de benfeitorias já em andamento no hospital – que já substituiu inclusive 1200 lâmpadas convencionais por LED. “Estamos em constantes buscas por melhorias estruturais do HCFAMEMA e a nossa somatória de esforços se reflete em constantes economias aos cofres públicos”, conclui.

Gerência de Comunicação HCFAMEMA

imprensa@hc.famema.br