• (14) 3434-2525
  • superintendencia@hc.famema.br

Fevereiro Laranja – Leucemia

Fevereiro Laranja

Mês de Conscientização a Leucemia

PODCAST – Fevereiro Laranja

 

 

Fevereiro Laranja

A campanha Fevereiro Laranja tem por objetivo alertar a população sobre importância do diagnóstico precoce e do tratamento da leucemia.

O que é a Leucemia?
Leucemia é uma doença da medula óssea, onde ocorre produção anormal de células neoplasicas que infiltram na medula óssea, impedindo a produção de células normais do sangue. Podem ser agudas ou crônicas dependendo da linhagem celular acometida. A leucemia aguda é o câncer mais comum na infância, porém pode acometer todas as faixas etárias. A leucemia crônica é rara em crianças e mais freqüente em adultos.

Quais são os principais sintomas?
Os sintomas são decorrentes da infiltração medular:
• Anemia;
• Fraqueza;
• Inapetência;
• Dores ósseas;
• Dores abdominais vagas;
• Febre baixa vespertina sem foco infeccioso detectável;
• Adenomegalias (ínguas);
• Aumento do volume abdominal (aumento do baço e fígado);
• Sangramentos variáveis (desde manchas roxas na pele até sangramentos mucosos e de sistema nervoso central);
• Mudança de comportamento como tristeza e apatia são comuns nas crianças;
• Maior frequência de infecções devido à neutropenia (redução da contagem de neutrófilos no sangue), com evolução nos últimos dias.

Sintomas mais raros:
• Crises convulsivas;
• Alterações visuais (envolvimento do Sistema Nervoso Central), massas subcutâneas (cloromas);
• Perda de peso (mais comum nos adultos com leucemias crônicas);
• Aumento dos testículos.

Em caso de suspeita da doença, qual especialidade profissional devemos procurar?
Clínico ou Pediatra

Como podemos prevenir?
Como as leucemias agudas são mais frequentes em crianças, deve-se procurar um médico sempre que notar algum sintoma suspeito. A única forma de prevenção é o diagnóstico precoce que deve ser feito pelo pediatra ou pelo médico da saúde da família.
Como outros cânceres que acometem adultos devem ser tomadas condutas que podem prevenir o câncer: evitar exposição a agentes químicos como agrotóxicos, derivados do benzeno, radiação (excesso de Raio X), hábitos de vida saudáveis como alimentação, atividade física regular, controle de peso, realização de exames periódicos, evitar álcool em excesso e tabaco.

Texto elaborado pela Dra. Doralice Marvulle Tan
Oncohematologista Pediatra do HCFAMEMA
Diretora Técnica do Hemocentro de Marília.
CRM 49147