• (14) 3434-2525
  • superintendencia@hc.famema.br

Category ArchiveNoticias

Antonio Carlos Roselli faz hoje debate sobre a telemedicina no Youtube

O advogado mariliense Antonio Carlos Roselli, assessor jurídico da Famema e membro da Comissão de Direito Médico do CFM, é um dos participantes do tema de hoje, a telemedicina, no 1º Congresso Virtual de Direito Médico do Conselho Federal de Medicina (CFM), que acontece das 19h às 21h, pelo Youtube. A telemedicina é uma ferramenta autorizada somente neste ano como uma alternativa ao atendimento remoto de pacientes. Um recurso, inclusive, que foi adotado e desenvolvido pelo HCFAMEMA desde maio através do aplicativo de celular HCFAMEMA TÁ NA MÃO.

O painel da conferência de hoje sobre telemedicina traz como conferencistas Sandra Franco – diretora jurídica da Associação Brasileira CIO Saúde, e Aldemir Humberto Soares – membro da Comissão para Revisão da Resolução CFM n° 2227/2018. O moderador é Donizetti Dimer Giamberardino Filho – 1º vice-presidente do CFM e a secretária: Tatiana Bragança de Azevedo Della Giustina – 2ª secretária do CFM e membro da Comissão de Direito Médico do CFM.

Os debatedores do tema são Antonio Carlos Roselli – membro da Comissão de Direito Médico do CFM e advogado da Famema, e Jeancarlo Fernandes Cavalcante – membro da Comissão de Direito Médico do CFM. A transmissão ocorre na página do CRM no Youtube: https://youtube.com/user/cfmedicina.

 

Funcionário do HCFAMEMA ganha Prêmio “Sebastião Leme” de Fotografia

O funcionário do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília, professor da Oficina de Artesanato do CAPS AD (NGA), Wellington Oliveira dos Santos (Índio), que também é fotógrafo, teve um de seus trabalhos (imagem anexa) selecionados no Prêmio “Sebastião Leme” de Fotografia, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de Marília. O edital com o resultado do concurso foi publicado nesta quinta-feira, dia 26 de novembro.

Wellington inscreveu a foto com o título “As belezas naturais através das lentes”. A imagem mostra uma descida de rapel em cachoeira. “Uma cena típica de Marília e de seu potencial turístico, pois estamos cercados de cachoeiras. Esta faz parte do complexo de cachoeiras da Represa Cascata. Ela se chama cachoeira de 1º de maio e fica atrás do condomínio Maria Isabel. O rapaz na foto é um dos integrantes da equipe de rapel de Marília, Vertical Rapel.”

 

Café da manhã especial no Hemocentro atrai 91 voluntários no Dia do Doador de Sangue

O Hemocentro de Marília, referência na coleta e distribuição de sangue para a rede de saúde de 110 municípios da região, coordenado pelo Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia (DASHEMO) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, celebrou o Dia Nacional do Doador de Sangue, 25 de novembro, com um café da manhã especial para os voluntários. A homenagem ajudou a atrair 91 doadores neste dia, ajudando a reduzir o déficit na armazenagem do produto. Em um dia comum a média é de 29 doadores.

Segundo a assistente social Dayane Galeti, a pandemia provocou uma queda na coleta, com redução das doações desde março deste ano. “O aumento dos voluntários com a ação promocional pelo dia do doador ajudou muito, mas não resolve o problema, infelizmente. Ainda precisamos do apoio da sociedade com doações de sangue”, declarou ela. O Hemocentro ainda apresenta baixo estoque para os tipos sanguíneos O +, O- e A -.

PERFIL DO DOADOR

Segundo o Ministério da Saúde, com a pandemia, o número de doadores em todo o Brasil reduziu em torno de 20%, mesmo com os hemocentros preparados para receber as doações. Em alguns casos o MS precisou acionar o Plano Nacional de Contingência do Sangue, que possibilitou o remanejamento de 2.934 bolsas de sangue de outras unidades da federação para aquelas com maior dificuldade.

Para celebrar o Dia Nacional do Doador de Sangue, o Ministério da Saúde divulga que a região com maior taxa de doação por mil habitantes é o Sul, com 19 doadores por mil habitantes, seguidos pelas regiões Centro Oeste (17 doadores), Sudeste (15 doadores), Nordeste (14 doadores) e Norte (13 doadores).

Por ano, são realizadas cerca de 3,3 milhões doações de sangue no Brasil. Isso corresponde a taxa de doação de 16 pessoas por mil habitantes. Mesmo que o percentual de 1,6% esteja dentro dos parâmetros recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de que pelo menos 1% da população seja doadora de sangue, o Ministério da Saúde trabalha constantemente para aumentar esse índice e conscientizando mais pessoas para serem doadores regulares, mantendo assim os estoques de sangue em níveis seguros.

Com relação à periodicidade das doações no Brasil, 40% correspondem às pessoas que doam pela primeira e as doações de repetição, aquelas cujo doador realiza duas ou mais vezes no período de 12 meses, está em torno de 60%.

Do total de doadores de sangue em 2019, 53% são do sexo masculino e 37% são do sexo feminino. Em relação à faixa etária, tivemos 65% de doadores maiores que 29 anos.

Até o momento, não existe nenhum dado científico que demostre a infecção transfusional por coronavírus. De forma preventiva, os hemocentros estão tomando todos os cuidados para minimizar qualquer tipo de risco de transmissão, com triagem clínica dos candidatos e aptidão apenas para os que estão curados há mais de 30 dias. Lembrando ainda que todo sangue doado no Brasil é testado laboratorialmente para doenças transmissíveis por transfusão.

QUEM PODE DOAR

No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores (entre 16 e 17 anos) é necessário o consentimento dos responsáveis, e entre 60 e 69 anos a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos.

É preciso também pesar no mínimo 50 quilos e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação, não fumar e não estar em jejum. No dia da doação, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

A frequência máxima de doações de sangue é de quatro vezes ao ano para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

A doação é 100% voluntária e beneficia qualquer pessoa, independente de parentesco. Doe Sangue regularmente. Tem sempre alguém precisando de você. Procure o hemocentro mais próximo e seja um doador regular.

 

Anote já! Confira os novos números dos telefones do HCFAMEMA

Advogado da Famema participa de Congresso Virtual sobre Direito Médico

O advogado Antônio Carlos Roselli, da Assessoria Jurídica da Famema (Faculdade de Medicina de Marília), é um dos convidados do I Congresso Virtual de Direito Médico do Conselho Federal de Medicina (CFM), que acontece de 25 a 27 de novembro, das 19h às 21h, pelo Youtube.

O advogado da Assessoria Jurídica da Famema é também membro da Comissão de Direito Médico do Conselho Federal de Medicina e no congresso irá participar como um dos debatedores no tema de Telemedicina, que será exibido ao vivo nesta quinta-feira, dia 26, a partir das 19h.

O I Congresso Virtual Brasileiro de Direito Médico é voltado para médicos, advogados, magistrados, representantes do Ministério Público e todos aqueles que têm interesse na interface entre Medicina, Saúde, Direito e Justiça.

O evento irá abordar como tema de apresentação e debate a Publicidade médica, Telemedicina e Covid-19. Os convidados previstos – vinculados às áreas da medicina, do direito, da bioética e da justiça – trarão importantes perspectivas e experiências sobre questões que têm reflexos diretos na prática cotidiana da medicina e do judiciário.

A participação é gratuita, com certificado para os inscritos até o dia 25 de novembro através do link: https://bit.ly/3fcX7Z5. A transmissão ocorre na página do CRM no Youtube: https://youtube.com/user/cfmedicina.

 

Hemocentro prepara café da manhã especial para o Dia Nacional do Doador de Sangue

No dia 25 de novembro, próxima quarta-feira, comemora-se o Dia Nacional do Doador de Sangue. A data tem como objetivo agradecer aos doadores de sangue pela ação de doar e busca sensibilizar a população para a importância da doação. O Hemocentro de Marília irá preparar uma decoração festiva e um café da manhã especial aos doadores nesta data. Desde o início da pandemia do novo coronavírus que os estoques de sangue estão abaixo da média histórica, exigindo ainda mais empenho e apoio dos voluntários que doam sangue.

O mês de novembro foi escolhido como Dia Nacional do Doador de Sangue por preceder um período histórico de estoques baixos nos bancos de sangue. A proximidade das férias, de datas comemorativas de fim de ano, carnaval e outros períodos de feriados prolongados torna esse dia especialmente importante para promover o ato solidário e regular a doação de sangue, independente de se conhecer ou não pacientes que necessitam de transfusão.

Doação de sangue é o processo pelo qual um doador voluntário tem seu sangue coletado para armazenamento em um banco de sangue ou hemocentro para uso subsequente em transfusões de sangue.

O sangue é um composto de células que cumprem funções como levar oxigênio a cada parte do nosso corpo, defender nosso organismo contra infecções e participar na coagulação. Não existe nada que substitua o sangue.

A quantidade de sangue retirada não afeta a sua saúde porque a recuperação é imediatamente após a doação. Uma pessoa adulta tem em média cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450ml de sangue. É pouco para você e muito para quem precisa! Você passará por uma entrevista que tem o objetivo de dar maior segurança para você e aos pacientes que receberão o seu sangue. Seja sincero ao responder as perguntas!

Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (hemácias, plaquetas e plasma) e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os hemocomponentes são distribuídos para os hospitais para atender aos casos de emergência e aos pacientes internados e pacientes em tratamento.

HCFAMEMA faz capacitação para manuseio adequado de novo respirador pulmonar

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, por meio de seu Núcleo de Materiais e Equipamentos Hospitalares da Gerência de Provimento Especializado do Departamento de Infraestrutura e Logística (DIL), realizou nos dias 17, 18 e 19 de novembro a capacitação profissional de 50 colaboradores que atuam diretamente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos, tanto os médicos, como os enfermeiros e os fisioterapeutas.  

O HCFAMEMA adquiriu para a UTI um total de 10 ventiladores pulmonares do modelo Puritan Bennett™ 840. É através destes equipamentos que pacientes com insuficiência respiratória conseguem promover a respiração. Os profissionais receberam as orientações técnicas de manuseio dos novos aparelhos pelos próprios instrutores da empresa fornecedora do produto.

PNCQ confere mais uma certificação de excelência ao laboratório do Hemocentro

O Laboratório de Análises Clínicas do Hemocentro de Marília, coordenado pelo Departamento de Atenção à Saúde de Apoio, Diagnóstico e Terapêutica (DASADT) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, recebeu o Selo de Qualidade PNCQ por obter o desempenho “Excelente” na avaliação do Programa Nacional de Controle de Qualidade, referente ao ano de 2020.

A Avaliação Anual de desempenho nas amostras-controle do ensaio de proficiência ocorreu do período de outubro de 2019 a setembro de 2020. O certificado de excelência foi entregue pelo 33º ano consecutivo (desde 1987) e atesta a confiabilidade dos laudos emitidos pelo laboratório. O responsável técnico pelo laboratório é o Dr. Airton Hirochi Iwamoto.

O Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) classifica os laboratórios participantes do Pro-EX (Programa Externo do Controle da Qualidade) em Excelente, Bom, Regular e Ruim.

Essa categorização é dada de acordo com o grau de acertos nos laudos das amostras-controle do Controle Externo da Qualidade (CEQ). Excelente: acima 81% de acertos; Bom: entre 76% e 80% de acertos; Regular Bom: entre 65% e 75% de acertos; Ruim Bom: abaixo de 65% de acertos. Os melhores, isto é, os que mantêm acertos acima de 81% recebem do PNCQ um certificado anual de excelência.

Foram avaliados mais de 2200 ensaios no período com percentual de acerto de mais de 96%.

Especialidades Avaliadas: Bioquímica, Coagulação, Educação Continuada, Educação Continuada Micologia, Eletroforese de Hemoglobina, Eletroforese de Proteínas, Gasometria, Hematologia, Hematologia II, Doenças Infecciosas, Imunologia, Hepatites B e C, HIV, Proteínas Plasmáticas, Provas Reumáticas, ASLO, Chagas, HBsAg, HIV, Sífilis (Não Treponêmico),  Sífilis (Treponêmico)

Líquido Cefalorraquidiano – LCR, Marcadores Tumorais, Micologia, Microbiologia II, Bacterioscopia – BAAR, Microbiologia II Bacterioscopia – Gram VIRTUAL, Microbiologia, Parasitologia, Reticulócitos Virtual, Sangue Oculto, Urinálise, Urinálise II e Urinálise Virtual.

Materno Infantil faz homenagem aos bebês prematuros internados na UTI Neonatal

A equipe da UTI Neonatal (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Materno Infantil de Marília, coordenada pelo Departamento de Atenção à Saúde Materno Infantil (DASMI) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, realizou na quarta-feira, dia 18 de Novembro, uma ação em prol da campanha Novembro Roxo, que busca conscientizar e prevenir a população sobre os partos prematuros. Os familiares e bebês internados na unidade receberam uma homenagem especial durante o horário de visita.

A UTI Neonatal foi decorada com flores e luzes e um mural com as fotos, nomes e o significado dos nomes de cada bebê internado. Durante o horário de visita, os familiares foram surpreendidos também com os bebês fantasiados de super heróis. Cada familiar também recebeu de presente um cartão personalizado com os dados do nascimento do bebê, com a data, hora, peso, altura, significado do nome da criança e o nome dos pais.

O evento ainda contou com a colaboração da Diretoria Técnica, Núcleo de Enfermagem, equipe da Terapia Ocupacional, do Ateliê Juh Paglione, Foto Imagem Express e Gerência de Comunicação do HCFAMEMA.

Novembro é considerado o Mês Internacional de Sensibilização para a Prematuridade e o objetivo é alertar sobre o crescente número de partos prematuros e como preveni-lo e informar sobre as consequências do nascimento antecipado para o bebê, para sua família e para a sociedade.

A campanha foi batizada de Novembro Roxo, porque roxo simboliza sensibilidade e individualidade, características que são muito peculiares aos bebês prematuros, por serem capazes de transformar dor em força, fé e amor. A campanha ocorre neste período porque o Dia Mundial da Prematuridade acontece no dia 17.

 

 

HCFAMEMA reduz número de leitos de enfermaria COVID para adultos

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA reduziu de 38 para 20 o número de leitos da enfermaria destinada a pacientes adultos com suspeita ou confirmados da Covid-19, no Departamento de Atenção de Atenção à Saúde em Alta Complexidade – DASAC.

Os demais leitos COVID de UTI e os leitos no Departamento Materno Infantil , UTI e enfermaria, não serão reduzidos.

Serão mantidos 26 leitos de UTI adulto, 3 UTI pediátrica, 8 enfermaria pediátrica, 6 enfermaria ginecologia obstetrícia e 20 enfermaria adulto geral.

O descontingenciamento foi autorizado após a constatação do baixo índice de internação registrado desde o início da pandemia. Em caso de avaliação do contexto epidemiológico  e necessidade, os leitos serão recontingenciados.

A medida foi tomada durante as reuniões de regulação de leitos COVID promovidas nos dias 4 e 11 de novembro pelo Departamento Regional de Saúde- DRS IX, Secretaria Municipal de Saúde, Unidade de Pronto Atendimento Sul, Unidade de Pronto Atendimento Norte, SAMU, Santa Casa, Hospital Beneficente Unimar e HCFAMEMA. 

A taxa média de ocupação geral de leitos Covid HCFAMEMA, entre março a outubro variou de 5% a 26% dos leitos. Enfermaria adulto DASAC a variação foi de 4% a 24% dos leitos. Vejam os detalhes nos gráficos abaixo.

A autarquia de saúde estadual é referência para os pacientes da região, envolvendo 62 municípios. Mais informações pelo telefone (14) 3434-2525.