• (14) 3434-2525
  • superintendencia@hc.famema.br

Category ArchiveNoticias

Detecção precoce do câncer de cólon é fundamental

Assim como acontece em outros meses ao longo do ano, a campanha Março Azul-Marinho faz um alerta à população sobre o câncer colorretal. O intuito da campanha é promover e educar as pessoas, por meio de informações, sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce dessa doença. Para ajudar a entender a campanha e conhecer mais sobre esta doença a Gerência de Comunicação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA elaborou um vídeo sobre este tema, registrando o depoimento do médico gastroenterologista e endoscopista do HCFAMEMA, e também diretor da Famema, Valdeir Fagundes de Queiroz.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 40 mil novos casos de câncer de cólon e reto são diagnosticados por ano. O diagnóstico pode ser feito por meio de exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos. A solicitação dos exames é feita pelo médico, após averiguar os sintomas do paciente. Entretanto, os exames também podem ser solicitados mesmo que a pessoa não tenha os sintomas, mas caso ela faça parte do grupo de risco. A detecção precoce do câncer é fundamental para aumentar a probabilidade de cura e/ou de tratamentos mais eficazes.

 

 

 

 

SASC em Ação estimula colaboradores à autorreflexão sobre o cuidado com a saúde

O Serviço de Atenção à Saúde do Colaborador (SASC) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, responsável pelo acolhimento, prevenção e apoio assistencial dos funcionários da Instituição realiza de 1º a 31 de março a campanha “SASC em Ação”, uma proposta de orientação e autorreflexão, por meio de frases motivacionais, sobre os cuidados em saúde.
“Queremos que as pessoas se despertem para o autocuidado, que priorizem a qualidade de vida e o cuidado com a saúde, para que mediante atitudes preventivas se tornem mais saudáveis e assim possam exercer suas atividades de forma plena, para que se cuidando possam cuidar ainda melhor do outro”, disse Valkíria Gomes Lima da Rocha, diretora técnica do SASC.
O SASC é composto por uma equipe multidisciplinar que oferece atendimentos individuais e coletivos e atua também em diversas ações de prevenção e educação em saúde para a comunidade interna do HCFAMEMA. O horário de funcionamento do SASC é de segunda a sexta-feira das 07h00 às 16h00, na Rua Reinaldo Machado, 178. Mais informações pelo telefone 3434-2525, Ramal 1367.

INMETRO emite Certificação de Proficiência em Hemoterapia para o Hemocentro

O Laboratório de Controle da Qualidade de Hemocomponentes do Hemocentro de Marília, coordenado pelo Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia (DASHEMO), recebeu no dia 21 de janeiro o Certificado de Proficiência em Hemoterapia emitido pelo provedor acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (CGCRE/INMETRO), e habilitado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária da Rede Brasileira de Laboratórios Analíticos em Saúde (ANVISA/Reblas), ControlLab.

O Certificado é o reconhecimento por mais um ano de participação ativa e emérita no Ensaio de Proficiência e faz jus ao seu desempenho e responsabilidade na condução de cada ensaio para análise dos parâmetros da qualidade exigidos pela Portaria de Consolidação Nº 5, de 28 de setembro de 2017 do Ministério da Saúde, em relação aos Hemocomponentes  produzidos.

Além do certificado de proficiência, em reconhecimento à sua preocupação com a qualidade dos seus serviços, o Hemocentro também recebeu o selo 2020 para adicionar no certificado de participação de hemoterapia encaminhado ao laboratório em 2019.

Nos próximos dois anos receberá apenas os selos correspondentes à sua participação para completar o histórico do certificado e no final deste período um novo certificado será enviado. Para isso, é necessário que o seu laboratório certifique-se continuamente no Ensaio de Proficiência de Hemoterapia.

“Certos de estarmos contribuindo para a consolidação de um ambiente de excelência em qualidade, aproveitamos a oportunidade e parabenizamos toda a sua equipe por estas conquistas”, disse Marcio Biasoli, presidente da ControlLab. A ControlLab é acreditada como Produtor de Material de Referência Certificado (MRC) desde 2016 pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE), do Inmetro, sob o n.º PMR 0009.

“O nosso sucesso é explicado pela qualidade da nossa equipe. Seria impossível chegar aonde chegamos hoje sem o trabalho, o comprometimento e o esforço de cada um!”, descreve a Responsável Técnica pelo Laboratório de Controle de Qualidade de Hemocomponentes, a Biomédica Andréa Furlanetto.

Hemocentro de Marília tem 48.539 doadores de medula óssea cadastrados

O Hemocentro de Marília, coordenado pelo Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia (DASHEMO) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, cadastrou 48.539 doadores de medula óssea até o momento. Somente no mês de janeiro de 2021 recebeu 124 novas adesões voluntárias.

A doação de medula óssea é importante para o tratamento de pacientes com doenças que comprometem a produção normal de células sanguíneas, como as leucemias, além de portadores de aplasia de medula óssea e síndromes de imunodeficiência congênita.

No caso das leucemias, em que no segundo mês do ano é relembrada em campanha de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce, através do Fevereiro Laranja, as chances de um paciente encontrar um doador é de uma entre 100 mil variantes. O Hemocentro decorou seu posto de captação de sangue para divulgar a importância de ser um doador de medula óssea para ajudar a salvar vidas que estão na fila de espera pela sua medula óssea compatível.

“A doação de medula óssea é um procedimento relativamente simples, feito sob anestesia geral, com internação em torno de 24 horas, em que doador não sente dor e que a recuperação ocorre espontaneamente, sem gerar qualquer problema para o doador”, explica a hematologista, oncologista pediátrica e diretora técnica do DASHEMO, Dra. Doralice Marvulle Tan.

No dia 22 de setembro do ano passado o site do HCFAMEMA publicou uma reportagem com o depoimento de doador candidato que aguardou 10 anos até surgir um paciente compatível com sua meduda. Leia a matéria completa pelo link: https://urless.in/bjnIG.

Para se candidatar como doador voluntário de medula óssea é preciso realizar um cadastro no Hemocentro mais próximo, sendo o Hemocentro de Marília a referência mais próxima para 110 municípios da região de Marília. É necessário ter entre 18 e 54 anos de idade e estar em bom estado geral de saúde. O cadastro consiste em preencher uma ficha com informações pessoais com a retirada de apenas 10 ml do sangue do candidato a doador a fim de fazer o exame de HLA (histocompatibilidade), que cruza com os dados de pacientes à espera do transplante.

Câmara homenageia duas profissionais da higiene hospitalar que atuam na UTI-COVID

A Câmara Municipal de Marília aprovou por unanimidade na sessão ordinária do dia 1 de fevereiro o Requerimento n 44-2021 de autoria da Vereadora Vânia Ramos (Republicanos) que outorga Votos de Congratulações para Luci Elaine Fantin e Gabriela Fernandes Martins, ambas contratadas como auxiliares de serviços gerais do setor de higiene hospitalar do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA. Elas foram homenageadas por serem consideradas na Instituição como profissionais qualificadas, que prezam pela excelência na função que exercem, a limpeza e a higienização da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinada desde março do ano passado para o atendimento aos pacientes com sintomas graves da COVID-19.

No pedido de reconhecimento e homenagens, a vereadora ainda destaca como justificativas para a homenagem que estas profissionais da higiene realizam um “belíssimo e humano trabalho na UTI/COVID do Hospital das Clínicas, desde o início da pandemia, destacando-se pela dedicação e contribuindo no bom direcionamento de ações, estratégias e políticas públicas que promovem a melhoria das condições de trabalho no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.”

A vereadora Vânia Ramos é formada em Gestão Pública, possui cargo de servidora municipal, afastada da função de secretária para exercer seu primeiro mandato em cargo eletivo, eleita para a 20ª Legislatura (2021/2024) com 2.032 votos pelo Partido REPUBLICANOS, sendo a sétima candidata mais votada. “Todo mundo parabeniza médico, enfermeiro e se esquecem que a saúde pública é feita por uma equipe multidisciplinar, que inclui inclusive auxiliares de serviço geral, responsáveis pela higiene hospitalar”, declarou a vereadora.

Para as colaboradoras do HCFAMEMA, a homenagem é um merecido reconhecimento a todos os profissionais do setor de higiene hospitalar, responsáveis não só pela limpeza em geral, mas principalmente pela higienização e adequada assepsia dos equipamentos, vestuários, insumos e resíduos do processo assistencial. Ambas atuam diretamente na linha de frente do combate à Covid-19, mas já são colaboradoras experientes do setor: Luci com 9 anos e Gabriela com 3 anos de HCFAMEMA.

“A higiene hospitalar é uma parte essencial do processo da assistência à saúde, normalmente esquecido pela opinião pública, que só lembra do médico e do enfermeiro. Ficamos muito honrados com a homenagem, que fazemos questão de estender a todos os nossos colegas do setor, tanto que atuam na UTI-COVID como em outras alas e setores do hospital”, declarou Luci Elaine Fantin.

“Aprendi nesses quase três anos de instituição que todo trabalho feito com amor, dedicação, é digno de honra e orgulho e creio hoje que essa homenagem estendida a todos os profissionais da área da saúde, em especial a higiene hospitalar, só vem solidificar isso”, disse Gabriela Rodrigues, mãe do Felipe e da Maria Fernanda.

 

Abaixo imagens da Gabriela Fernandes Martins e da Luci Elaine Fantin fora do hospital:

HCFAMEMA publica novo vídeo sobre saúde, alertando para o Fevereiro Laranja

A campanha Fevereiro Laranja tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a leucemia e a importância da doação de medula óssea, além de informar sobre o diagnóstico precoce da doença.

A diretora técnica do Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia (DASHEMO) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, Dra. Doralice Marvulle Tan, comenta sobre a campanha e a doença em mais um vídeo sobre saúde produzido pela Gerência de Comunicação do hospital.

A leucemia é uma doença que ataca os glóbulos brancos. Seu principal traço é o acúmulo de células doentes na medula óssea, ou seja, a leucemia é um tipo de câncer dos tecidos que formam o sangue.

Já que uma das maiores dificuldades da pessoa diagnosticada é achar um doador de medula óssea que seja compatível, uma boa maneira de ajudar é se tornando um doador voluntário. Para isso basta comparecer no Hemocentro (DASHEMO) e se cadastrar. É preciso ter idade entre 18 e 54 anos, estar gozando de boa saúde e não ter doença infecciosa ou transmissível pelo sangue.

 

 

Deputado Vinicius Carvalho recebe certificado de “Amigo do HCFAMEMA”

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA, autarquia estadual de saúde que é referência em média e alta complexidade pelo SUS para 1,2 milhão de habitantes de 62 municípios da Região, recebeu na manhã de sábado, 20 de fevereiro, a visita do Deputado Federal Vinicius Carvalho (Republicanos).

No encontro, ele foi agraciado com o certificado de “Amigo do HCFAMEMA”, uma nova honraria criada pela Instituição para agradecer autoridades e representantes de instituições públicas ou privadas que de alguma forma ofereceram relevante apoio para a melhoria da estrutura hospitalar, proporcionando uma saúde de mais qualidade à população.

O deputado foi recepcionado pela Superintendente do HCFAMEMA, Dra. Paloma Libanio, pelo presidente do Conselho Deliberativo do HCFAMEMA e diretor-presidente da FAMEMA, Prof. Dr. Valdeir Fagundes de Queiroz, e pelos médicos oncologistas da Radioterapia, Dr. Eduardo José Stefano (responsável técnico) e Dra. Renata Filpi Martello da Silveira. Estiveram presentes também a vereadora Vania Ramos (Republicanos) e a coordenadora do Núcleo de Apoio à Comunidade da Famema, Sônia Custódio.

O deputado federal foi aclamado pelos profissionais da Radioterapia do HCFAMEMA como o patrono simbólico da oncologia do hospital. Em sua visita, a autarquia fez questão de prestar contas pelo relevante apoio que ele proporcionou. Através de uma emenda parlamentar de sua autoria (679/2019), de R$ 3 milhões, ele não só garantiu a continuidade dos serviços de alta excelência prestados pelo SUS em radioterapia, como está possibilitando dobrar a capacidade de atendimento dos pacientes.

Com estes recursos foram adquiridos um sistema de planejamento da radioterapia (kits de gerenciamento), equipamentos para a Unidade Coronariana (11 camas, cinco ventiladores pulmonares e dois monitores de multiparâmetros).

Estão para ser adquiridos com o saldo remanescente do recurso conquistado por Carvalho mais equipamentos para a radioterapia. São eles: uma matriz de detectores; um objeto simulador; um verificador de estabilidade, simetria e qualidade; uma radiografia computadorizada, um sistema de monitoramento, um sistema de controle de temperatura e umidade, um sistema Chiller de resfriamento; e um estabilizador de tensão.

“O HCFAMEMA é um hospital público que atende uma grande região, que muitas vezes só tem a nós como única referência SUS em média e alta complexidade, e nosso orgulho e gratidão é o de ter parceiros como o deputado Vinicius Carvalho, que contribuem verdadeiramente para que possamos oferecer cada vez mais uma melhor qualidade de assistência à população”, declarou a Superintendente do HCFAMEMA, Dra. Paloma Libanio.

“Como cristão evangélico há 34 anos, tenho como base de minha formação o conceito de amor ao próximo, de fazer ao próximo o que gostaria que fosse feito a mim. Desde o início de minha vida política me empenho neste papel de ajudar sempre que possível a melhorarmos a saúde pública de nossa população. Marília é minha cidade, é parte da região em que defendo na Câmara e continuarei a defender. Podem sempre contar comigo. Não faço promessas, o que faço é empenho e o HCFAMEMA e toda região de Marília tem o meu empenho total”, declarou o deputado Vinicius Carvalho.

Geneticista do HCFAMEMA é destaque na mídia ao falar sobre variante da COVID-19

Uma reportagem publicada pelo Jornal da Manhã no dia 15 de fevereiro deu destaque ao geneticista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA. Dr. Spencer Luiz Marques Payão. Ele concedeu uma entrevista à repórter Ana Carolina Godoy sobre as novas variantes brasileiras da COVID-19 que já estão sendo identificadas em vários pontos do Brasil, inclusive no interior de São Paulo.

O principal alerta do médico responsável pelo Laboratório de Diagnóstico de COVID do HCFAMEMA é a precocidade em se afirmar que uma variante possa ser mais grave e mais transmissível.

Leia abaixo a transcrição de um trecho da entrevista publicada no jornal:

O geneticista do HCFAMEMA, Spencer Luiz Marques Payão, disse categoricamente que é precoce afirmar que as variantes da Covid-19 têm maior potencial de transmissão ou letalidade. A variante brasileira já foi identificada em três localidades diferentes do estado de São Paulo e pode estar em outras cidades também, incluindo Marília.

Spencer Payão é responsável pelo Laboratório de Diagnóstico de COVID do HCFAMEMA e alertou a população sobre a necessidade de cautela quanto à veiculação de notícias e opiniões sobre maior transmissibilidade ou maior gravidade das variantes do vírus.

“É preciso ter mais evidências sobre o comportamento dessas variantes e isso, seguramente, nós não temos ainda. É com base científica que afirmo que dizer que uma variante é mais transmissível ou mais letal é muito precoce”.

Veja a matéria na íntegra publicada no site do jornal:

https://jornaldamanhamarilia.com.br/saude/noticia/61308/2021/02/15/e-precoce-afirmar-que-variante-e-mais-grave-e-mais-transmissivel

O HCFAMEMA esclarece sobre o cronograma de vacinação

No dia 18/01/2021 recebemos 2.680 (duas mil, seiscentos e oitenta) doses da vacina contra a COVID-19 produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Por sua vez, dia 19/01/2021, recebemos formalmente da Secretaria de Estado da Saúde a orientação que o quantitativo recebido deveria garantir o esquema vacinal completo, ou seja, a segunda dose aos colaboradores vacinados na primeira fase. Dessa forma, conforme consta em nosso Plano de Imunização COVID-19 HCFAMEMA, foi priorizada a vacinação de todos os colaboradores que atuam no HCFAMEMA em duas fases, sendo a primeira contemplando os funcionários, docentes, residentes, assistentes de ensino e médicos que atuam e/ou desenvolvem cuidados diretos ao paciente suspeito ou confirmado com COVID-19.

Com a chegada, em 02/02/2021, de mais 2.560 (duas mil, quinhentos e sessenta) doses pertencentes a segunda remessa de vacinas foi possível realizar a ampliação do grupo de colaboradores da assistência a serem vacinados. Elaboramos então a segunda versão do Plano de Imunização COVID-19 do HCFAMEMA, já contemplando os colaboradores da assistência que atuam em todas os departamentos/unidades – inclusive do “Hospital São Francisco”, como citado – além de residentes multiprofissionais, estudantes e atuantes da área administrativa – tanto do HCFAMEMA como da FAMEMA. Reiteramos que todas as categorias contempladas estavam condicionadas a disponibilidade de doses para imunização completa.

Com relação aos estudantes – como estes atuam na assistência direta ao paciente, porém em áreas não COVID – solicitamos que a Famema que nos enviasse a listagem nominal daqueles que deveriam ser vacinados inicialmente. Sendo assim, recebemos da FAMEMA a listagem, priorizando os que estão em regime de internato (5º e 6º ano do Curso de Medicina).

Em 11/02/2021 foi finalizada a segunda fase do Plano de Imunização COVID-19 do HCFAMEMA, atingindo 2.244 (dois mil, duzentos e quarenta e quatro) colaboradores, todos com a segunda dose garantida. A primeira dose atingiu todos que estão na ativa, exceto os afastados por licença médica sem data de retorno, por gravidez e os que tiveram a COVID-19 nas quatro últimas semanas anteriores a data da aplicação.

Após nova avaliação do quantitativo de doses disponíveis, foi encaminhado à FAMEMA, dia 16/02, documento informando que a vacinação será estendida aos estudantes do 3º e 4º ano do Curso de Enfermagem. A previsão é para que em 25/02/2021 seja iniciada a administração da primeira dose para esses estudantes.

Quanto ao questionamento se seria possível contemplar mais grupos de estudantes, somente após a vacinação, que se dará após 25/02/2021, o HCFAMEMA terá condições de responder de maneira factível.

 

HCFAMEMA lança vídeo para divulgar a campanha Fevereiro Roxo, sobre Alzheimer

A Gerência de Comunicação da Superintendência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília – HCFAMEMA produziu um vídeo de orientação sobre o que é Fevereiro Roxo, com esclarecimentos do professor doutor chefe da disciplina de geriatria e gerontologia da Famema e supervisor do programa de residência em geriatria do HCFAMEMA, o médico geriatra Ricardo Shoiti Komatsu. A proposta é oferecer informações sobre o tema de uma forma que seja de fácil compreensão, para estimular o público das redes sociais sobre as doenças como Alzheimer, lúpus e fibromialgia.